Acampamento Júpiter

Roma ergueu seu domínio e subjugou Grécia. Agora os mais fortes e poderosos se erguem.
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Como treinar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Júpiter
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 40
Pontos : 105
Data de inscrição : 28/06/2012
Localização : Olimpo

Ficha do Legionário
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Inventário:

MensagemAssunto: Como treinar   Sex Jun 29, 2012 12:23 am


Campo de Marte


Ao norte do acampamento, é a maior e mais plana parte do vale, onde a grama é cortada bem curta por todos os unicórnios, touros, e faunos sem-teto que pastam ali. A terra certamente está repleta de crateras de explosão e marcada com trincheiras de jogos anteriores. Um lugar especial para os treinamentos através de jogos, e os engenheiros, legionários treinados para as construções, sempre se superam. Além de construírem rápido, constróem com primor e dedicação para cada jogo. Sabe-se também que o Campo de Marte está repleto de túneis ao longo de tantos anos. Alguns estão desmoronados, ou enterrados, mas muitos deles ainda são transitáveis.

Os jogos realizados são:


Bola-da-Morte

Bola-da-Morte é um jogo como o Paintball. No entanto, em vez de balas de tinta, usam cartuchos ácido, veneno, e bolas de fogo nas armas.



O Forte

O Forte, é semelhante ao Capture a Bandeira. Uma equipe defende uma fortaleza, enquanto outra equipe tenta romper as defesas e capturar os estandartes das da equipe adversária, ganhando recompensas para a sua Coorte. A que tenta irromper o forte tem Hannibal, o elefante, como suporte. Há escorpiões (canhões), canhões de água, e diversos aparatos para dificultar o ataque, e apenas os melhores conseguem driblar esses obstáculos.



Luta de Gladiador

É possível lutar em estilo gladiador aqui. Os oponentes estabelecem as regras e lutam entre si até que haja um vencedor. É permitido de tudo, e às vezes os players decidem lutar por títulos e para limpar sua honra no Acampamento.


Corrida de Bigas

Cada corte monta suas bigas, ela são equipadas com alguns artifícios que visam garantir certa vantagem sobre as demais. Não existe regras. Exceto, vencer.




Narre aqui seu treinamento para ganhar de 0 à 50 de exp, tudo depende de sua criatividade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://campjupiterbrasilrpg.forumeiros.com
Alex Prescott
Centurião
Centurião
avatar

Mensagens : 22
Pontos : 32
Data de inscrição : 24/07/2012
Idade : 20
Localização : III Corte

Ficha do Legionário
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Inventário:

MensagemAssunto: O Forte   Seg Jul 30, 2012 4:55 pm

O Primeiro Treino.

Naquela tarde, Alex Prescott foi para o campo de Marte, o filho de Netuno teria seu primeiro treinamento no acampamento Júpiter. O forte.
Pelo que os membros da sua corte tinha lhe haviam explicado se tratava de um treino de ataque e contra defesa, o que atacasse teria que roubar um estandarte que estava no interior do forte e o que defendesse é claro teria que impedir.
A III e a V Coortes tinha ficado na defesa e I, II e IV Coortes tinham ficado com o ataque.
os veteranos de cada coorte organizaram as funções, Alex foi escolhido para ficar num dos canhões de água no alto de dos muros.
Depois de meia hora de preparação o alarme que indicava que a competição tinha começado soou. uma das cortes tomou a frente e se aproximava dos muros do forte. Alex mirou num dos Jovens campistas e atirou o jato de água, a pressão da água foi tão forte que que o garoto foi lançado uns cinco metros pra trás caindo sobre ostros semideuses, mas uma coisa incomodava Alex as outras coorte que ficaram atrás não pareciam querer se mexer só olhava seus companheiros sendo banhados e arremessados.
ele continuava a acertar todos os semideus que tentavam chegar ao muro o elefante Hannibal na parecia se incomodar com os jatos de água muito pelo contrario parecia esta se divertindo muito o animal bateu com a cabeça na porta do forte os muros tremeram levemente, o filho de Netuno olhou para os observadores e teve um susto, não havia mais ninguém lá. de súbito passou uma ideia pela sua cabeça "eles vão vir pelas laterais!", Alex largou a sua arma d'água e desembainhou a seu tridente e foi a lateral direita do forte.
quando chegou lá seus temores se cumpriram um grupo emergindo de trás dos muros subido por uma corda, os que já tinham subido se lançaram a batalha na área interna dos muros, mas um viu Alex e veio na sua direção, ele nunca tinha lutado com armas antes mas parecia ter anos de prática com aquele instrumento de combate nada convencional ele acertou o garoto com o cabo do tridente no peito o que o desiquilíbrio fazendo-o cair oito metros de altura do parapeito mais dois filhos de Roma apareciam, Alex usou seus poderes para lançar duas bolas de água neles o fazendo perde o equilíbrio e cair do lado de fora do forte, antes que mais meio-sangues surgisse Alex desembainhou a sua gladio e cortou todas as cordas por onde subiam os guerreiros depois disso ele ouviu som de pessoas caindo e alguns gemidos de dores.
os atacantes não usariam mais aquele lado para suas investidas Alex olhou para a outra lateral aparentemente a sua equipe não teve o raciocínio tão rápido quanto o de Alex, pois o lado esquerdo estava infetado de semideuses de uniforme azul.
Alex foi para onde se concentrava a batalha enquanto corria o filho de Netuno viu um de seus companheiros de equipe com sérios problema um garoto de camisa azul estava preparado para dar o ultimo golpe então Alex jogou mais uma de suas bolas d'água na cara do agressor tirando a sua atenção por tempo suficiente para seu parceiro deixa-lo inconsciente, ele fez um sinal pra Alex que ele entendeu como sendo "obrigado!" e o retribuiu com um sorriso que queria dizer "não tem de quer!".
Nesse momento Alex ouvi um som grandioso vindo da porta, Hannibal acaba de destruir a porta de entrada do forte. Nosso líder faz sinal para que saltasse os escorpiões logo depois três escorpiões gigantes apareceram e atacaram tudo aquilo que era azul.
a batalha estava equilibrada Alex estava lutando contra um meio-sangue habilidoso ele tinha olhos azuis cabelos pretos e expressões tranquilas o som dos metais se chocam o garoto de olhos azuis deu um chute no peito do filho de Netuno que cai de costas no chão ele coloca-se de pé logo, o menino pareceu perceber isso e avançou mais uma vez em cima de Prescott, ele por sua vez tentou lançar bolas de água no menino que só esquivava delas, Alex tentou desviar do seu ataque mais o seu adversário conseguiu corta-lo no braço direito o garoto loiro sentiu dor agonizante proporcionada pelo corte da lâmina.
Alex se colocou em guarda com dificuldade e se preparou, o menino foi mais uma vez ao seu encontro dessa vez ele estava preparado desviou do primeiro golpe do garoto conseguiu com uma habilidade magistral prender a gládio do menino nos dentes de seu tridente e lançado-a longe depois disso Alex colocou os dentes do tridente no pescoço do menino, olhou em volta todos as lutas haviam acabado o objetivo tinha sido cumprido o forte estava protegido.
depois disso todos comemoravam a vitória, Alex também estava radiante tinha começado muito bem no acampamento Júpiter.




poderes ultilizados:
 


Alex Prescott, Filho de Netuno

Voltar ao Topo Ir em baixo
##Lady Bellona
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 6
Pontos : 24
Data de inscrição : 28/06/2012

Ficha do Legionário
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sex Ago 03, 2012 7:31 pm

Alex Prescott - 50 EXP - Gostei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alex Prescott
Centurião
Centurião
avatar

Mensagens : 22
Pontos : 32
Data de inscrição : 24/07/2012
Idade : 20
Localização : III Corte

Ficha do Legionário
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Inventário:

MensagemAssunto: Treino   Ter Ago 07, 2012 12:18 am


Uma Corrida Ao Estilo De Roma!


Era manhã de segunda-feira, Alex Prescott ia junto com a sua equipe, a da III Corte, para o campo de Marte hoje teriam uma corrida de bigas. Alex nunca tinha entrado numa corrida ainda mais de biga, mas isso não impediu os seus companheiros de Coorte lhe escolher para fazer parte da sua equipe.
Será que me escolheram porque o meu pai ser o senhor dos cavalos ou equinos tanto faz? - pensou Alex. Ele sabia que sim.
Talvez eu converse com eles! - ele pensou rindo.

Antes de saírem da "garagem" com a biga, Alex conheceu o instrumento de corrida da sua equipe, ela era toda prateada com assentos de couro vermelho as rodas tinha palavras douradas escritas em latim de forma cursivas.
No interior da biga havia um mini painel de controle, que com certeza deveriam acionar as armadilhas para seus adversários.
O filho de Netuno admirou por um tempo a obra dos filhos de Vulcano "sensacional" foi essa a palavra que Alex pensou para definir aquilo que estava na sua frente.
Logo depois sua atenção foi tirada pelos animais que iriam puxa a biga, eram dois cavalos, um branco e outro preto, ambos com uma crina longa e bem tratada e com faixas douradas que percorriam a horizontal do corpo do animal com leves ondulações.
Alex e mais três campistas subiram na biga e foram em direção à largada.
Depois de mais um tempo de preparação todas as cinco bigas estavam enfileirada, uma para cada coorte.
Quando soou o sinal uma onda de poeira se levantou na arena.
A III Corte não largou muito bem estavam na terceira posição, a biga que estava em primeiro lugar acionou um dispositivo que deixou a pista cheia de fumaça.
Não enxergo nada! - falou Alex.
Não se preocupe temos uma solução! - falou Gary filho de Vulcano.
Ele apertou um botão azul e imediatamente uma foi lançada uma jato d'água na frente dos carro imediatamente dissipando a fumaça.
agora com a visão nítida, o filho de Netuno podia ver que as duas bigas a sua frente estavam emparelhadas a biga da IV Coorte, disso Prescott não tinha duvidas pois na parte de trás da carruagem tinha um grande quatro na forma romana e a biga da II Coorte, Alex viu algo sair das rodas da biga da quarta coorte que quebrou uma das rodas da II Coorte que saiu desgovernada e bateu em um dos muros de proteção.
Temos companhia! - Falou Josh, filho de minerva.
Quando o garoto filho de Netuno olha para trás uma biga que parecia ser de madeira se emparelhava com eles. Um dos garotos tentou ferir um dos cavalos, Alex se colocou de pé e desembainhou a sua gládio e atacou o garoto, ele por sua vez se defendeu muito bem, outro semideus tentou acerta-lo, mas o Josh colocou a lamina bem a tempo, o filho de Netuno jogo uma bola de água na cara de um semideus que perdeu o equilíbrio e cai da biga, logo depois Alex pega o seu tridente e o coloca os dentes no eixo da roda esquerda, com Josh e Alex fazendo força o eixo da roda de quebrou e a carruagem da I Coorte bati no muro de proteção.
Alex olha para trás para saber se tinha algum sinal da V Coorte, mas aparentemente a I Coorte tinha dado um jeito nela. - Um problema a menos – Alex pensou.
Quando eles voltaram a sua atenção para frente à biga da IV Coorte já tinha aberto uma vantagem considerável. O condutor da biga Jess, um filho de Marte, agitou as rédeas imediatamente os cavalos responderam ganhando mais velocidade, mas a diferença ainda era bastante grande. Então Alex deve uma ideia que só em pensar em fazê-la deixou constrangido.

Bom não custa tentar! – ele falou pra si mesmo.
Ele passou por entre os acentos, ficou de pé no eixo que prendia os cavalos a biga, foi se aproximando e sussurrou no ouvido dos cavalos.
Não sei se vocês pode me entender, mas eu sou filho de Netuno não que isso signifique alguma coisa, vocês dois tem feito um trabalho fabuloso hoje... - ele parou um tempo depois continuou – Mas será que poderiam ir um pouco mais rápido, por favor!
Imediatamente os equinos responderam e começaram a corre como se não tivesse carregando uma tonelada de ferro equipamento, em pouco minutos estavam ultrapassando o carro da IV Coorte a corrida já estava tão próxima de acabar que eles não tiveram nem tempo de reagir, no momento da ultrapassagem Gary acionou o botão de óleo o que atrapalhou ainda mais os seus adversários. Quando cruzou a linha de chegada os membros da III Coorte cercaram a biga e os cumprimentaram, Alex foi direto aos cavalos que estavam ofegantes, ele fez um carinho na cabeça dos dois dizendo “obrigado!” que responderam com gratidão depois de alimenta-los ele foi colher os frutos de mais um dia bem sucedido no acampamento Júpiter.


Poderes utilizados:
 

Alex Prescott, Filho de Netuno
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júpiter
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 40
Pontos : 105
Data de inscrição : 28/06/2012
Localização : Olimpo

Ficha do Legionário
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sex Ago 10, 2012 8:51 pm

Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://campjupiterbrasilrpg.forumeiros.com
Alex Prescott
Centurião
Centurião
avatar

Mensagens : 22
Pontos : 32
Data de inscrição : 24/07/2012
Idade : 20
Localização : III Corte

Ficha do Legionário
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Qua Ago 15, 2012 8:24 am

O Primeiro Baque
..............................................................................................................................

Fui em direção ao campo de marte para mais um treino no forte

Eu fiquei com a equipe de defesa que tinha um colete vermelho nosso líder era o filho de Minerva Josh Stuard que era um pouco mais experiente do que eu e muito mais capacitado do que eu no momento, desde que cheguei ao acampamento ele vinha de destacando muito, não vou mentir isso me deixava com um pouco de ciúmes dele, mas ele é uma pessoa incrível, ele tem uma expressão voluntária, cabelos louros, um largo sorriso de arranca suspiros das filhas de Vênus, tinha músculos bem definidos para um adolescente, e o mais importante era um líder nato.

Na equipe azul, que era de ataque tinha como seu líder Dimitri um dos filhos de Marte, era exatamente o oposto de Josh, tinha uma expressão firme, olhos penetrantes, cabelos pretos com um topete, um físico de guerreiro.

Vamos Alex você vai ser meu braço direito. – falou Josh sorrindo e todos os garotos de colete vermelho foram rumo à fortaleza.

Os muros da fortaleza tinham sete metros de altura com torres de vigia em cada canto e um portão de madeira que era o único jeito de entrar, na parte de dentro tinha um descampado com uma construção enorme no meio similar a um castelo onde estava a bandeira.

Josh dividiu nossas funções, me colocou no leste ele ficaria com o norte e o oeste, o grupo com o os filhos de Apolo ficariam com as torres de vigia aos filhos de Vulcano ficariam a guarda da arca colocaria armadilha e seriam a ultima equipe de defesa eles seriam liderados pelo filho de Marte do nosso grupo Magno Stor.

Começou a batalha olhei para o meu tridente e o segurei com força estava empolgado, Josh me chamou no alto de uma torre de vigia subi as escadas até onde Josh estava.

Típico de um filho de Marte – protestou Josh – Dimitri enviou primeiro os indefinidos um pelotão para distração, a maioria dos indefinidos já foram abatido.

Observei que era verdade já via algumas tropas começando a subir as paredes laterais logo estariam lá dentro

Precisamos assumir nossas posições! – falei
Concordo, vamos. – concordou ele

Desci escorregando pela escada me posicionei a primeira legião apareceu no alto do muro fiz sinal para alguns arqueiros, eles atiraram em vão eles bloquearam, alguns filhos de Vulcano lançaram duas granadas na nossa direção fizemos o melhor para nos prepara só que não eram granadas comuns elas se abriram em pleno o ar e emitiu o ruído fortíssimo era uma bomba sonora, fiquei atordoado pelo barulho com visão fora de foco parecia que tinham ligado uma turbina dentro da minha cabeça.

Meu grupamento estava desarmado com a mãos nas orelhas rendidos, os nossos adversários vinham em nossa direção me coloquei de pé me recompondo meu ouvido estava sangrando tentei gritar para meus amigos se erguerem, mas não escutava minha própria voz, percebi que alguns se levantavam olhando para os lados pegavam suas armas e escudos e se prepararam para o combate.

Vinha na minha direção um garoto com um olhar frenético sua espada se chocou com o meu tridente dei um chute na sua barriga ele cai costa no chão, outro veio não sei da onde e me deu soco na cara cai de costas no gramado rolei para o lado e girei o corpo na altura da superfície da terra derrubado outros dois, mas uma vez me atacaram consegui bloquear com o tridente e colocar o pé direito em cima do seu peito e lançá-lo contra umas toras de madeira com um giro de corpo.

Percebi que o Portão principal tinha caído, havia luta por todos os lados os semideuses abatidos eram sugados pela terra, imaginei que para receber os cuidados médicos necessários estávamos e visível desvantagem.

Recebi mais um ataque de mais um campista ele cheirava flores do campo visivelmente um filho de Vênus, me atacou com força me fez recuar e arquear os joelhos realizei um giro de corpo tentei acerta com a ponta do tridente ele defendeu com o escudo e cortou minha coxa, cambaleei para trás uma dor latente tomou minha perna esquerda o corte tinha sido profundo o sangue escorria pela minha perna, aquilo iria atrasar qualquer ataque que quisesse efetuar, olhei em volta procurando opções na minha direita tinha um posso a esquerda algumas armas e escudos perdidos em batalha atrás de mim tinha algumas toras de madeira - essa é minha única opção - pensei caminhei para trás com dificuldade, ele me atacou em cima me defendi segurando o tridente com os dois braços tentei acerta-lo na altura do seu abdômen ele me bloqueou e me cortou no ombro com a espada cambaleei pra trás então reuni todas as força que me restavam e saltei sobre as toras de madeiras enfiando a meu tridente entre as toras antes que ele pudesse escapar, uma dúzia de troncos de madeiras caiu sobre ele, não consegui sai do local da queda dos troncos, mas não me machuquei mais do que eu já estava, procurei pelo filho de Vênus ele estava inconsciente com duas toras lhe cobrindo da cintura pra baixo, eu estava exausto rasquei um pedaço do meu uniforme e envolvi em volta da minha perna para estancar o sangramento peguei a meu tridente e foi para dentro do castelo.

Tinha pequenos conflitos por todos os lados decidi evita-los foi direto para a sala onde estava a bandeira, chegando lá a porta de entrada estava em pedaços havia diversos de garotos de coletes azul inconscientes no chão – as armadilhas dos filhos de Vulcano funcionara – pensei. Foi quando observei a batalha voraz que se desenrolava no meio entre Josh e Dimitri filho de Marte eles não parecia me notar, eu estava muito debilitado não tinha condições de um luta corpo a corpo com Dimitri em condições normais minhas chance de ganhar dele já eram mínimas olhei em volta procurado algo que pudesse me ajudar – pense, pense Alex rápido Josh precisa de ajuda! – falei mentalmente pra mim mesmo. Então visualizei um castiçal no topo da sala que se matinha pressa ao teto por um sistema simples de roldana pressa a parede lateral e tive uma ideia, provavelmente não foi minha melhor ideia, mas estava fraco e perdendo a consciência lentamente, segurei a corda olhei para Dimitri tentando calcular a sua posição, Josh estava ficado acuado sem energia ver Josh assim parecia encher Dimitri de motivação e energia, eu tinha que ser rápido, cortei a corda o castiçal começou a cai e ao mesmo tempo me lançado para o alto Dimitri não pareceu perceber de começo mais quando ouviu o estrondo do castiçal se desfazendo no chão ele pareceu desnorteado soltei a corda e comecei a cai posicionei os dentes do meu tridente para frete, quando Dimitri percebeu que era eu já era tarde de mais fiz um movimento leve de corpo para ter uma maior precisão para o ataque, a ultima coisa que vi antes de desmaiar foi meu tridente no ombro direito de Dimitri e seu gemido de dor.

Quando acordei a batalha já havia acabado vi de relance a comemoração da equipe azul carregando o estandarte, vi Dimitri sento carregado ovacionado pelo seu time com grande ferimento no seu ombro direito que não parecia incomoda-lo nesse momento, Josh estava do meu lado sendo tratado.

Belo salto – ele me disse sorrindo – suicida, mas legal.

Retribui o sorriso, mas me sentia péssimo por termos perdidos Josh pareceu perceber isso.

Não se preocupe vai haver uma próxima vez – falou ele
Sua voz soou tranquila mais eu sabia que aquilo também lhe incomodava, mas resolvi deixar pra lá, depois disso passei o resto do dia no meu quarto.



Poderes utilizados:
 




Alex Prescott, Filho de Netuno
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceres
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 34
Pontos : 50
Data de inscrição : 29/06/2012
Localização : Campos de Trigo

Ficha do Legionário
Vida:
9999999999/999999999  (9999999999/999999999)
Energia:
999999999/999999999  (999999999/999999999)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Qua Ago 15, 2012 2:29 pm

Alex Prescott - Ótimo post! 50xp

_________________

Ceres
deusa da terra cultivada, das colheitas e das estações do ano
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alex Prescott
Centurião
Centurião
avatar

Mensagens : 22
Pontos : 32
Data de inscrição : 24/07/2012
Idade : 20
Localização : III Corte

Ficha do Legionário
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Qui Ago 16, 2012 2:13 am

Sendo Desafiado
..............................................................................................................................


Alex Prescott estava em sua rotina normal de treino no acampamento Júpiter, quando resolveu ir até o seu quarto tomar um banho e trocar de roupa que estavam ensopadas de suor, depois de um banho longo e demorado e de colocar uma roupa que estava no guarda roupa ele viu na porta um envelope branco no chão que com certeza fora colocado em baixo da porta, Alex pegou o envelope e abriu.

Filho de Netuno, eu te desavio para uma luta de gladiadores no campo de Marte às 15:00 de hoje. Te espero lá se você tiver coragem de aparecer.
M.D.

M.D? –falou Alex em quanto pensava quem tinha as iniciais dos nomes referentes a essa duas letras. Alex espiou o relógio do seu quarto eram 14:06 ainda tinha quase uma hora, começou a se preparar para a luta. No acampamento Júpiter esse desafios eram muito importantes para se ter o respeito da legião, ninguém era respeitado de recusasse um desafio e por outro lado para um “Impopular” era uma das maneiras de se ter o reconhecimento, o filho de Netuno com certeza não estava na segunda opção já que vinha se destacando como um verdadeiro filho de Roma.
Quando faltavam cinco minutos para as 15:00 ele pegou o seu tridente e foi em direção ao campo de Marte, chegando lá já havia uma pequena movimentação outros semideuses abriram espaço para Prescott passar os da sua coorte lhe davam palavras de encorajamento parecia o corredor que leva um lutador ao ringue para disputar o cinturão.
No centro da roda havia um garoto de cabelo espetado e expressão séria esperando pelo filho de Netuno, o garoto que se identificara como M.D e chamava Mark Denver, filho de Mercúrio, que pertencia a II Coorte.
Bom quais são as regras do combate? –Alex perguntou.
Luta de espadas não vale golpes baixos ou trapaças - falou ele.
Sem trapaças? – Alex imaginou que aquilo seria difícil para um semideus cujo o pai e o deus dos ladrões - mas de qualquer jeito vou ficar alerta.
Vamos fazer uma luta sem escudos também - falou o filho de Netuno surpreendendo Mark.
Tá certo! - ele concordou largando o escudo.
Alex tinha certeza que ele tinha determinado o tipo de arma do combate para impedir que ele usasse o seu tridente então o garoto procurou compensar com a exclusão do escudo no combate.
Mark fez o primeiro movimento com a sua gládio, Alex se defendeu muito bem, os metais se chocaram num barulho agudo, o filho de Mercúrio continuava em cima de Prescott em quanto ele por sua vez só se defendia tentando analisar os movimentos do seu adversário a luta permaneceu assim por cerca de dez minutos quando Mark conseguiu deferi um corte no braço direito de Prescott que imediatamente levou a mão ao braço ferido, o filho de mercúrio limpou o sangue da sua gládio na sua calça.
Então com o sangue escorrendo, Alex parte para o ataque, o garoto de cabelo espetado mal consegue se defender quando Alex acha uma abertura em sua defesa e da um chute no seu estomago caindo de costas no chão, o menino rola para o lado no momento em que a gladio do filho de Netuno toca no chão, Mark tenta aproveitar a vantagem do ataque frustrado de Prescott e investe contra ele, mas antes que ele conseguisse ter algum exceto no seu ataque Alex lança uma das sua bolas d´águas na cara do campista que ficou vulnerável nesse momento, Alex bate com os dois pés no peito do seu adversário que cai de costas no chão.
Mark tenta se levantar mais uma vez, mas o filho de Netuno ergueu o braço machucado em direção ao pequeno tibre e lança sobre Mark uma considerável porção de água, com muito esforço é verdade, não permitindo que Mark conseguisse ficar de pé, tão logo Alex o deixou inconsciente com um soco no rosto e terminara ali o combate.
A III Coorte explodem em comemoração, os membros da II Coorte por sua vez foram ao encontro do derrotado para o ajudar. Depois disso Alex foi cuidar do seu ferimento.


Poderesutilizados:
 




Alex Prescott, Filho de Netuno
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júpiter
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 40
Pontos : 105
Data de inscrição : 28/06/2012
Localização : Olimpo

Ficha do Legionário
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sex Ago 17, 2012 8:53 pm

Atualizado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://campjupiterbrasilrpg.forumeiros.com
Alex Prescott
Centurião
Centurião
avatar

Mensagens : 22
Pontos : 32
Data de inscrição : 24/07/2012
Idade : 20
Localização : III Corte

Ficha do Legionário
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sab Ago 18, 2012 1:03 am

O Troco
..............................................................................................................................
Naquela tarde acordei atordoado, fiz força para ignorar aquele que batia impacientemente na porta, abri os meus olhos e foi até a porta.
O que é Josh me deixa dormir! – falei mal humorado.
Hoje não bela adormecida. – falou ele indo em direção a minha cômoda de roupas – daqui a pouco vai acontecer mais um treino no Forte.
Levantei-me subitamente como se tivessem jogado água gelada sobre mim.
Forte! – falei
É – disse ele jogando pra mim uma causa caqui e a camiseta roxa do acampamento. – o Forte.
Para resumir a uma semana atrás tínhamos realizado um treino numa Fortaleza, eram divididas duas equipes uma atacava a construção e outro a protegia ganhava a equipe que capturasse o estandarte que fica na sala central do castelo ou evitasse que isso acontecesse nessa respectiva ordem.
Fui ao banheiro, passei uma água no rosto para tirar as remelas e escovei os dentes depois botei a roupa que Josh tinha tirado do gaveteiro e sai em direção o Campo de Marte.
Chegando lá, encontrei um grupo de quarenta semideuses ansiosos, depois da ultima vez esse exercício tinha ficado bastante popular entre os semideuses, eu tinha que concordar com eles o ultimo exercício tinha sido simplesmente incrível pena que naquela ocasião minha equipe tinha perdido.

os administradores do exercício yinham feitopequebas modificações nas equipes, mas eu, Josh e Denise, filha de Vênus, ficamos na mesma equipe e o mais importante pelo menos para Josh e que Dimitri, filho de Marte, ficou no outro lado dessa vez tínhamos ficado com o ataque.
Josh assumiu o comando do time de colete azul, Josh dividiu a frente de ataque em três, eu e Denise fomos pela esquerda Josh seguiu pelo meio e o outro contingente pela direita esse por sua vez era liderado por um filho de Apolo.
Peguei o tridente tinham sido oferecidos alguns escudos para os que ainda não tinham escudo ou espadas pelo fato do Arsenal esta fechado, coloquei o escudo a frente do meu corpo uma chuva de flechas bateram nos escudos, com seguimos andar mais alguns passos até que um dos nossos fosse atingido por uma flecha. Conseguimos chegar à parede lateral da fortaleza.
Prontos! – falei.
Sim! – todos falaram.
Denise desempunhou seu arco tirou um gancho amarrado a uma corda da sua cintura e disparou, o gancho se prendeu ao topo do muro, depois disso subimos pela corda rumo ao interior da construção.
No topo Denise começou o seu show particular atirando flechas em todas as direções acertando todas as flechas em semideuses diferentes, ela estraçalhou com os arqueiros nas torres de vigia.
Nossa garota que apetite! - falei surpreso.
Você não viu nada. – ela falou dando um sorriso.
Então me desloquei para a batalha saltei do muro e dei um chute nas costas de um semideus aterrissei num monte de feno coloquei-me de pé rápido bem atempo de defender um ataque de espada, dei um soco no seu dono com o cabo do meu tridente girei o corpo bem atempo de desviar do ataque de uma lança e bati mais uma vez com o cabo do tridente e o outro campista caiu no chão. Senti uma coisa se prender ao meu pé e me puxando cai de costa no chão, bati o lado direito do meu corpo numa roda de carroça eu passei por baixo dela, quando tentei ficar de pé olhei ao longo do chicote e vi um brilho azul elétrico corre por ela vindo à minha direção
Caramba! Ele esta eletri... – pensei, senti uma corrente de “um milhão de voltes” passa pelo meu corpo, meus nervos se contraíram e meus membros formigaram, fiz força para tentar cortar o chicote com a minha espada, mas foi em vão. Mas uma corrente elétrica passou pelo meu corpo, vi um pequeno lago tentei corre pra lá, mas antes que eu pudesse me animar senti mais um puxão no chicote, dei uma cambalhota e cai no chão, quando olhei para o céu ele estava sem nuvens foi quando vi uma flecha ganhar altura e depois cair descrevendo uma trajetória parabólica ela era totalmente dourado.
Rolei para baixo da carroça e cobri os olhos depois disso veio uma luz tão forte que parecia que o sol tinha caído na terra ouvi o som de pessoas se chocando com objetos.
Obrigado filhos de Apolo. – pensei.
Eu reconheci aquela flecha era uma flecha de luz, um presente de Apolo, sai debaixo da carroça agora podia ver a pessoa que havia me atacado era uma filha de nêmeses ela apalpava objetos tentando se orientar eu sabia que ela não se recuperaria agora, não antes do treino acabar a flecha de luz era uma arma poderosa. Olhei em volta percebi que alguns dos nossos também estavam cegos, normalmente esse tipo material vem com uns óculos especiais para evitar os seus efeitos, mas esses óculos só os filhos de Apolo tinha. Fui em direção ao interior da construção vi alguns semideuses caídos com coletes variados ainda se desenrolavam algumas batalhas que eu decidi evitar.
Quando cheguei à sala central se desenrolava uma batalha feroz. Havia meio-sangues por todo o lado lutando pude ver Josh lutando com Dimitri. Corri em direção ao estandarte pela lateral um dos guardas me viu e veio na minha direção defendi seu ataque com o escudo o pressionei contra a parede depois o joguei no centro da sala ele derrubou alguns semideuses como pinos de boliches, quando cheguei à arca um grupo de outros guerreiros vieram na minha direção estava cercado tentei me defender bati em um e dois, mas um terceiro me cortou o braço – são muitos... não posso lutar contra todos. – pensei.
Estava encurralado contra a parede, senti uma brisa sobre a minha nuca.
Essa é a minha única chance. – pensei.
Eu sorri para os meus adversários e saltei pela janela durante a queda lancei o meu escudo para cima como um enorme e pesado disco giratório, escudo chegou à janela no momento que um garoto botou a cabeça pra fora o metal e o rosto o do menino se encontraram ele caiu pra dentro isso me daria tempo, rezei a Netuno para não quebrar as minhas pernas com a queda para ter uma chance de fugi – vai ser difícil! – pensei fechei os olhos e esperei pelo impacto.
Supreendentemente nada aconteceu nem um osso quebrado nem se quer um arranhão quando olhei em volta tinha caído numa carroça cheia de feno.
Não precisa agradecer. – falou Denise.
Você e realmente incrível! Denise – falei
Depois disso não tivemos dificuldade para sair da Forte.


poderes utilizados:
 




Alex Prescott, filho de Netuno
Voltar ao Topo Ir em baixo
Minerva
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 7
Pontos : 13
Data de inscrição : 22/08/2012
Idade : 20
Localização : Olimpo

Ficha do Legionário
Vida:
999999/999999  (999999/999999)
Energia:
9999999/999999  (9999999/999999)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Qui Ago 23, 2012 12:48 am

como tenho que avaliar pela criatividade te dou 40 xp +10hp e energia pela sua dedicação aos treinos

mas tenha cuidado com os erros ortográficos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alex Prescott
Centurião
Centurião
avatar

Mensagens : 22
Pontos : 32
Data de inscrição : 24/07/2012
Idade : 20
Localização : III Corte

Ficha do Legionário
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sex Ago 31, 2012 12:27 am

Lembraças perdidas



Chegando ao Campo de Marte encontrei o meu Instrutor Julios explicando como funcionaria o treino de hoje.
O treino será um duelo – explicava Julios – a lutas já foram definidas estão no pergaminho em cima da mesa – apontou para uma mesa de madeira pequena. – nossa! – pensei – hoje ele não falou um aqueles discursos intermináveis. Não pude deixar de ri, Júlios era do tipo guerreiro moralista, sempre falava da importância do treino, do objetivo deles, que a batalha para ser prazerosa tinha que ser leal etc... e etc... e tal.
Caminhei até o pergaminho para saber quem ia enfrentar, chegando lá passei o dedo por alguns nomes a procura do meu, então encontrei abaixo da linha que se lia Rebeca Drew X Mick Reis o meu nome, eu iria lutar com tal de Jonny Carceres.
Conhecia bem o meu adversário, nós tínhamos “se esbarrado” algumas ele era filho de Deimos.
O garoto sempre foi meio sinistro, adorava roupas pretas e agora não estava vestido diferente, tinha olhos negros, tinha sempre uma expressão de sarcasmo no rosto, cabelos encaracolados pretos e um brinco alargado na orelha direita. Pelo que eu sabia seu pai Deimos era o Deus do Pânico, ele costumava espalhar o terror pelos inimigos da Grécia fazendo com que fugisse de medo. Jonny com certeza iria tentar usar isso contra mim.
Todas as lutas aconteciam ao mesmo tempo parecia que estávamos numa grande guerra podia ouvir o estalo de espadas se chocando por todo o lado, mas eu e Jonny só nos olhávamos.
Desembainhei a minha Gladio, o ouro imperial brilhava ao sol da tarde, Jonny também tirou a sua espada da bainha, ela era do mesmo ouro imperial que a minha com a única diferença que se cabo era feita de ouro negro, aquela arma irradiava uma onda que me fazia retrai-me reconheci aquela sensação como sendo medo.
Fiz o primeiro movimento, os metais se chocaram pude ver um sorriso no rosto do garoto. Tentei acerta a sua perna de apoio, mas ele evitou o meu ataque, me empurro com o seu escudo ele avançou pra cima de mim me deu um... dois golpes com a espada, eu me defendi muito bem, com o escudo emprestado.
Ele me atacou mais uma vez, desse ataque não tive tanto êxito na defensa, num movimento fui muito lento em defender ele cortou o meu braço esquerdo com a sua Gladio.
Ahhhh! – gritei de dor, logo depois coloquei a mão sobre o ferimento tentei permanecer firme, mas ele vinha com cada vez mais ferocidade, me defendia com dificuldade começaram a vim como lampejos na minha mente coisas que eu definitivamente queria esquecer, o acidente de carro que matou o meu irmão os três meses em coma depois disso, via também uma casa sombria no alto de uma colina, não sei se eu um dia fui nessa casa, mas olhar para ela me deixava apavorado, foi quando senti uma dor descomunal na minha perna esquerda que me trouxe a realidade, logo depois veio um soco no meu queixo, fui parar perto de outro semideus que estava duelando.
Ele estava brincado comigo trazendo minhas antigas lembranças de volta a minha vida, lembranças que eu definitivamente queria esquecer. Fiz muita força para me colocar de pé, as minhas pernas tremiam, meu estômago revirava, pude ver meu sangue escorre pelo meu braço e perna. Olhei para a espada que eu havia ganhado quando entrei na III Coorte, então decidi fazer algo inusitado, guardei o meu escudo e a minha Gladio e peguei o meu tridente, já não me sentia mais desprotegido. Então sem escudo e com um tridente nas mãos parti para o ataque.
utilizando o tridente tentei acerta a sua perna de apoio , mas ele me bloqueou com sua espada, logo, sem pensar muito e verdade, bati, com a minha cabeça no seu rosto, ele cambaleou para trás continuei a sufoca-lo girei o meu corpo e bati com os meu tridente no seu escudo ele caiu no chão tentei acerta-lo como cabo do tridente, mas ele rolou e me deu um chute no braço machucado, eu andei pra trás me virei pra ele, seu nariz estava sangrando, ele veio na minha direção não tive dificuldade para desviar, aparentemente eu tinha ficava mais ágil sem escudo, apesar de esta bem mais vulnerável. Eu podia ver com clareza todos os seus movimentos ataque. Em mais um de seus ataques, no momento em que ele estava de guarda baixa, bati com o cabo do tridente no seu braço ele largou a sua espada, fui pra cima dele com força ele se defendia como podia, foi quando eu vi de relance que ele tinha pego algo por trás do escudo antes que pudesse reagir ele enfiou uma faca na minha coxa, por um momento minha visão escureceu, fiz de tudo para não desmaiar ali naquele momento, segurei o seu braço ao cabo da faca, deixei o me corpo cair e usei toda a força que tinha para ergue-lo e derruba-lo de costas no chão, consegui ficar parado em cima dele imobilizando seus braços e pernas coloquei o tridente no seu pescoço.
Acabou! – escutei alguém dizer.
Precisei ser carregado para cuida dos meus ferimentos, depois disso devo ter apagado, porque me lembro de ter sonhado com uma cabana em uma colina e uma noite de tempestade torrencial.

Poderes Usados:
 


Alex Prescott, Filho de Netuno
Voltar ao Topo Ir em baixo
Minerva
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 7
Pontos : 13
Data de inscrição : 22/08/2012
Idade : 20
Localização : Olimpo

Ficha do Legionário
Vida:
999999/999999  (999999/999999)
Energia:
9999999/999999  (9999999/999999)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sex Ago 31, 2012 11:55 am

ótimo treino só procure explorar mais os seus poderes.

Atualizado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Louise Campbell
V Coorte
V Coorte
avatar

Mensagens : 6
Pontos : 8
Data de inscrição : 10/07/2012
Idade : 19

Ficha do Legionário
Vida:
120/120  (120/120)
Energia:
120/120  (120/120)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sex Set 07, 2012 5:53 pm


Meu primeiro treino
I can be the solution to their problems or the beginning of them...

Não tinha dormido muito bem noite passada, acordei ainda com preguiça e me levantei com dificuldade. Estava decidida que iria treinar hoje, sem mais protelação. Vesti a blusa do acampamento e sai da barraca já com o gládio e o escudo em mãos.
Me dirigi aos Campos de Marte confiante, e ainda sim um pouco nervosa. No caminho, fui admirando minha arma cuja lâmina havia sido gravada “Louise Campbell – V Coorte”.
Ao chegar lá fiquei impressionada com a quantidade de campistas já treinando. Uma hora dessas lá em casa, eu ainda estaria dormindo. Bom saber, o quanto os romanos são disciplinados. Observei o treino de alguns garotos e observei bem os seus movimentos, não queria fazer feio na minha primeira vez.

- Oi! Você é nova aqui? - falou uma garota do meu lado.
- Sim, cheguei a pouco tempo e esse é meu primeiro treino - falei dando um sorrisinho - Você está aqui há muito tempo?
A garota devia ter uns quatro centímetros a mais que eu. Tinha a pele bem clara, cabelos pretos acima do ombro e olhos castanhos. Carregava um gládio, assim com eu. Ela olhou para cima como se tentasse lembrar de algo e disse:
- Faz uns seis meses que eu cheguei aqui - ela deu uma pausa e mudou de assunto - Eu estou procurando alguém para uma luta de gladiadores, tá afim?
Fiz que sim com a cabeça. Ergui o escudo com firmeza e procurei segurar minha espada de uma maneira que não pesasse em minha mão. Tinha que admitir, eu não estava calma, mas tentei disfarçar. A garota começou a se aproximar lentamente e eu dei um passo para trás. Tive a impressão de que ela percebeu meu nervosismo porque deu um sorriso debochado. Não pensei duas vezes, ataquei. Mas ela estava atenta, utilizou seu escudo. Ataquei-a novamente e nossas espadas se chocaram. Meio segundo depois, ela me golpeou porém consegui interceptá-la com a lâmina. Neste momento senti meu braço estremecer, segurei firme o cabo da espada e investi contra a garota. Ela revidou, desviei rapidamente e ergui meu escudo contra ela. Ela me atacou novamente só que desta vez ela usou uma estratégia para me desarmar, e num piscar de olhos ela já estava com o meu gládio. Fiquei olhando para ela com cara de surpresa. Ela riu e me entregou a espada dizendo:
- Volta para aquela posição que você estava antes. Vou fazer devagar pra você ver como é.
Fiz o que ela pediu e esperei que ela refizesse o movimento. Erguermos as espadas e ela realizou o golpe novamente, só que agora com mais cautela e disse para que eu tentasse com ela. Eu concordei balançando a cabeça e me posicionei para atacar. Meu braço estava dolorido mesmo assim ataquei-a. Ela se defendeu e revidou meu ataque. Respirei fundo e fiz uma tentativa falha de desarmá-la. A menina investiu contra mim mas eu recuei e a ataquei de volta. Ela se defendeu e eu fiz outra tentativa de desarmá-la. Falhou de novo. Eu já estava cansada queria acabar logo com isso e voltar pra minha barraca. Impaciente, parti para outro ataque, a garota recuou e eu a ataquei novamente. Ela interceptou meu ataque e sem esperar seu próximo movimento, tentei desarmá-la. E deu certo, quando vi já estava com as duas espadas em mãos. Entreguei a ela, feliz por ter conseguido fazer certo e agradeci por ela ter me ajudado.
- Não vou pegar leve da próxima vez não, viu? - disse ela em tom irônico.
- Então tá, até a próxima! - falei já saindo do local.

Poderes usados:
 

Armas usadas:
 

_________________
Louise J. Campbell
Filha de Mercúrio - Campeã de Juno - V Coorte
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceres
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 34
Pontos : 50
Data de inscrição : 29/06/2012
Localização : Campos de Trigo

Ficha do Legionário
Vida:
9999999999/999999999  (9999999999/999999999)
Energia:
999999999/999999999  (999999999/999999999)
Inventário:

MensagemAssunto: Re: Como treinar   Sex Set 07, 2012 5:58 pm

~ Atualizada ~

_________________

Ceres
deusa da terra cultivada, das colheitas e das estações do ano
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Como treinar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Como treinar
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Hiccup. O inútil e, agora, útil.
» Treino 18 - Teste Psicológico
» • Treino para filhos de Zeus, Poseidon, Afrodite e Curandeiros de Asclépio | 1º Trimestre de 2014 •
» Sala de Reuniões
» [Kusa] Ponte do Céu e da Terra

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Acampamento Júpiter :: Acampamento Júpiter :: Campos de Marte-
Ir para: